Início Paulínia Comerciantes do Paulínia Shopping se preparam para receber evento de carros antigos

Comerciantes do Paulínia Shopping se preparam para receber evento de carros antigos

O secretário Wilson Machado disse que durante o evento só serão autorizadas a permanência de ambulantes que vendam produtos diferentes dos que já são comercializados no shopping
O secretário Wilson Machado disse que durante o evento só serão autorizadas a permanência de ambulantes que vendam produtos diferentes dos que já são comercializados no shopping

Em reunião com lojistas, o secretário de Indústria e Comércio ressaltou que este tipo de evento atrai grande público e que os comerciantes precisam estar preparados esta demanda

O secretário de Indústria e Comércio de Paulínia, Wilson Machado, atual responsável pela administração do Paulínia Shopping, realizou uma reunião com todos os lojistas do empreendimento comercial para repassar orientações sobre o evento de exposição de carros antigos, que acontece neste domingo (25), no estacionamento do Shopping. A reunião com os comerciantes aconteceu na quinta-feira (22), na Sala de Imprensa da Prefeitura.
De acordo com os organizadores, o evento, que era realizado no Galleria Shopping, em Campinas, costuma reunir de quatro à dez mil pessoas e os comerciantes locais precisam se preparar.
Segundo Machado, uma reunião com o secretário chefe de gabinete, José Carlos Bueno de Queiroz, decidiu que todos os últimos domingos de cada mês, quando o Paulínia Shopping sediará o evento, o local estará aberto à partir das 8h. “É preciso e vantajoso abrir mais cedo, porque os expositores de carros vêm de diversas partes do país para se reunirem aqui e vão consumir o que for oferecido. Quem tiver condições de abrir mais cedo e oferecer opções de café da manhã, por exemplo, vai ter uma rentabilidade maior no orçamento”, disse.
Outra questão debatida foi a presença de ambulantes no local do evento. Alguns comerciantes questionaram o secretário sobre possíveis conflitos nas vendas. “A oportunidade de venda de alimentos no espaço da exposição vai ficar com os ambulantes que ofereçam somente o que não é comercializado dentro do Paulínia Shopping. Por exemplo, nenhum lojista vende algodão doce, então esse segmento será liberado. Mas quanto a bebida, de qualquer tipo, somente será comercializado dentro do shopping”, garante o secretário.

Aluguel
Wilson Machado também aproveitou a oportunidade para repassar informações sobre o aluguel das salas comerciais do Shopping. Agora, os lojistas passarão a pagar o aluguel, condomínio e fundo de participação.
O secretário afirmou ainda que o dinheiro arrecadado com os aluguéis entram para o cofre da prefeitura. “Mas para a contratação de empresas para manutenção do Shopping, precisamos seguir os métodos da prefeitura, com licitações”, finalizou.