Início Paulínia ‘Global’ Rubens Ewald Filho assume a Cultura: “A ordem é reativar o...

‘Global’ Rubens Ewald Filho assume a Cultura: “A ordem é reativar o Festival de Cinema”

Rubens Ewald Filho assumiu a Secretaria de Cultura em Paulínia
Rubens Ewald Filho assumiu a Secretaria de Cultura em Paulínia

Declaração foi feita durante a Cerimônia de Transmissão de Cargo no Paço Municipal. Jornalista foi um dos idealizadores do polo de cinema criado em 2008 pelo ex-prefeito Edson Moura

O crítico de cinema Rubens Ewald Filho foi nomeado secretário de Cultura de Paulínia no domingo, dia 1º. Ele foi apresentado durante a Cerimônia de Transmissão de Cargo do prefeito Dixon Carvalho, que aconteceu no Paço Municipal.
De acordo com o Ewald Filho, “é uma ordem do prefeito fazer o Festival de Cinema de Paulínia ainda este ano”.
Ele, que foi um dos idealizadores do polo cinematográfico junto ao ex-prefeito Edson Moura, anunciou também que ficaria ausente por 15 dias devido a compromissos assumidos antes da formalização do cargo e que, neste período, seria substituído por Daniel Grandezi Galucci.
O primeiro ato do novo secretário de Cultura foi realizar uma reunião com funcionários da pasta. Ele solicitou um levantamento sobre as condições do polo de cinema e do Theatro Municipal e analisará as condições da pasta após seu retorno.
Já “faturou” em Paulínia
Rubens Ewald Filho, de 71 anos, tem um longo histórico de proximidade com Paulínia. Ele veio para cidade em 2008, quando o então prefeito Edson Moura e a então secretária da Cultura Tatiana Quintella deram o “start” no Projeto Paulínia Magia do Cinema. Naquele ano, ele organizou a inauguração do Theatro Municipal Paulo Gracindo e esteve à frente do 1º Festival de Cinema. À época, seu salário era de R$ 10 mil.
Mesmo com a troca de governo municipal, o prefeito eleito em 2008, José Pavan Junior, o manteve no cargo até agosto de 2011, quando cancelou o contrato do cineasta sob a justificativa de que a despesa era desnecessária para o município.
Em julho de 2013, quando Edson Moura Junior ganhou na justiça a autorização para assumir a Prefeitura de Paulínia, a secretária de Cultura, na época Mônica Trigo, anunciou que seria realizado “Festival de Cinema de Paulínia – A Retomada” e Ewald Filho foi trazido de volta à cidade como curador do evento.
No ano posterior, em 2014, o crítico de cinema foi contratado novamente pela Prefeitura de Paulínia para prestar consultoria técnica e artística à Secretaria de Cultura, especialmente na realização do festival de cinema da cidade. O contrato tinha a duração de 24 meses, aos R$ 15 mil mensais, o que gerou muita polêmica, já que Ewald Filho não dava expediente na Prefeitura – só aparecia na época do festival.
Ainda em 2014 o contratado da Prefeitura foi o curador da 1ª versão internacional do Festival de Cinema de Paulínia, que estendeu o tapete vermelho para estrelas brasileiras e internacionais, como Danny Glover (“Máquina mortífera”), Michael Madsen (“Kill Bill”) e Jacqueline Bisset (“A noite americana”).
Em 2015, novamente com a troca de governo, Pavan Junior retorna ao Executivo paulinense e anuncia o cancelamento do festival e novamente rescinde o contrato com o crítico Rubens Ewald Filho, que, agora, em 2017, retorna à Paulínia como Secretário Municipal de Cultura, nomeado pelo novo prefeito Dixon Carvalho (PP).

‘Hollywood Brasileira’

O último festival de cinema na cidade ocorreu em julho de 2014, sob curadoria de Ewald Filho, e ficou marcado pela presença de atores como Danny Glover (“Máquina mortífera”), Jacqueline Bisset (“A noite americana”) e Michael Madsen (“Kill Bill”).

Além disso, também passaram pelo tapete vermelho do evento os diretores Cao Hamburger, Bruno Barreto e Hector Babenco, que morreu no ano passado.