Início Paulínia Justiça mantém decisão de afastar 13 vereadores

Justiça mantém decisão de afastar 13 vereadores

O juiz da 1º Vara de Paulínia, Carlos Eduardo Mendes, manteve a decisão de afastar 13 dos 15 vereadores de Paulínia e, a partir de hoje, a Câmara tem o prazo de 48 horas para empossar os suplentes.

Os suplentes dos vereadores afastados deverão votar em até 48 horas o pedido de abertura de uma Comissão Processante (CP) para investigar supostas irregularidades praticadas pelo prefeito Dixon Carvalho (PP), o que pode levar à sua cassação.

Na semana retrasada, o Ministério Público de Paulínia já havia rejeitado os embargos declaratórios solicitados pela procuradoria jurídica da Câmara, na tentativa de barrar o afastamento dos vereadores.

Os únicos vereadores que não serão afastados são Kiko Meschiati (PRB) e Tiguila Paes (PPS).
A Câmara de Paulínia ainda não se manifestou sobre o assunto.

Artigo anteriorSecretário de Turismo pede exoneração
Próximo artigoProcurador do TRE pede cassação de prefeito