Início Paulínia Kiko Meschiatti discursa sobre “preconceito”

Kiko Meschiatti discursa sobre “preconceito”

Kiko Meschiatti afirmou que não medirá esforços para que Paulínia volte aos trilhos
Kiko Meschiatti afirmou que não medirá esforços para que Paulínia volte aos trilhos

Após o juramento ao Termo de Compromisso, todos os eleitos fizeram o uso da tribuna. Com discursos conciliadores, a maioria dos vereadores desejaram um bom governo ao novo prefeito e prometeram trabalhar em prol da população como forma de honrar os votos recebidos na última eleição.

O vereador mais votado e presidente da mesa da solenidade, Kiko Meschiatti, iniciou seus agradecimentos enaltecendo a esposa e ao novo prefeito. “Quero agradecer à Deus e a minha esposa. Eu te amo, obrigado por você ter a paciência que você teve comigo. Parabéns Dixon, foi um prazer disputar as eleições com você. A sua determinação inspira não só a mim, como a muitos aqui. Assim como você foi apedrejado, eu e o [vereador Marcelo] D2 também fomos, mas somos guerreiros”.
Kiko explicou que sofreu durante a campanha por representar a periferia da cidade. “É porque um pobre nunca pode vencer na vida e quando seu sucesso chega, tudo é errado. Aí ele passa a ser do PCC, passa a ser traficante, porque o pobre não pode crescer na vida. Mas nós temos o direito de crescer, o meu sucesso foi resultado dos meus esforços e eu sou praticamente nascido no ‘Nosso Teto’, represento a minha comunidade”.
Segundo o vereador mais votado, Paulínia não aguenta mais a situação em que está. “Ninguém aguenta mais. O vereador Tiguila acabou de deixar explícito a nossa situação financeira. Ginásios de Esportes abandonados, o Bosque não funciona, greve de ônibus. Não aguentamos mais, isto está uma insanidade e precisa acabar. Está nas mãos do prefeito e dos vereadores para que Paulínia entre novamente nos trilhos”, ressaltou.
Ele disse ainda que quanto mais o tempo passa, mais a situação da cidade se agrava. “Temos uma arrecadação bilionária, mas a situação só piora. Não tem nem omeprazol nos Postos de Saúde. Me perdoem o meu desabafo, mas as verdades precisam ser ditas. Não dá mais. Quero deixar claro ao prefeito que aqui tem um guerreiro que está à sua disposição para o que precisar. O que for de interesse da população, você terá um parceiro aqui na Câmara”, disse.
Kiko encerrou seu discurso afirmando que não vai medir esforços para fazer o bem para a população. “Eu sou gente da gente, eu sou filho de Paulínia. Então vocês podem ter certeza que eu vou procurar o melhor para minha cidade e vocês podem ter certeza que eu farei o que for preciso para melhorar nossa cidade”, finalizou.

“Um pobre nunca pode vencer na vida e quando seu sucesso chega, tudo é errado”

“O meu sucesso foi resultado dos meus esforços. Sou praticamente nascido no ‘Nosso Teto’, represento a minha comunidade”

“Eu sou gente da gente, eu sou filho de Paulínia. Então vocês podem ter certeza que eu vou procurar o melhor para minha cidade”

Artigo anteriorPosse de Dixon Carvalho vira “culto religioso” na Câmara
Próximo artigoSecretário de Governo de Dixon já foi acusado de integrar “máfia da merenda”