Início Cinema Luz, Câmera, ação no III Festival de Curtas-metragens de Direitos Humanos ‘Entretodos’

Luz, Câmera, ação no III Festival de Curtas-metragens de Direitos Humanos ‘Entretodos’

As inscrições são gratuitas, e podem ser feitas até o dia 15 de julho

O Festival de Curtas-Metragens ‘Entretodos’ recebe as inscrições para sua terceira edição. Podem ser inscritos trabalhos em qualquer formato, incluindo vídeos feitos por câmeras em celulares e câmeras digitais, e em película 16mm e 35mm. Os trabalhos devem ter duração máxima de 20 minutos e ser finalizados entre julho de 2008 e julho de 2010.
Os trabalhos selecionados receberão prêmios em dinheiro, variando entre R$ 7 mil e R$ 8 mil, além do Prêmio Mochileiro (o selecionado terá como prêmio viajar divulgando o Festival e os trabalhos). Serão premiados o melhor curta-metragem, melhor roteiro, melhor diretor, visão social (escolhas do júri oficial) e mochileiro (escolha popular).
A curadoria do Festival pré-selecionará, entre os curtas recebidos, no mínimo 30 trabalhos, que serão divulgados e farão parte de uma mostra competitiva. O júri será composto por profissionais das áreas de cinema, música, artes e/ou atuantes nas áreas de direitos humanos, antropologia e sociologia, convidados pela comissão executiva do Festival. A presidente do júri será Anna Muylaert, diretora de filmes como “É proibido fumar” e “Durval discos”. Também já estão confirmados no júri o escritor e agitador cultural Marcelino Freire, o jornalista, cineasta e diretor de programas de TV Gregório Bacic, a Chefe do Departamento de Cinema, Rádio e Televisão da ECA-USP, crítica e ensaísta Esther Hamburger, a jornalista Âmbar de Barros, o jornalista e cicloativista Thiago Bennichio, o diretor de documentários e curtas-metragens, autor do premiado “De passagem” (2003), vencedor dos prêmios de melhor filme, diretor, roteiro, ator coadjuvante e do prêmio da crítica no Festival de Gramado, Ricardo Elias, o médico sanitarista e Secretário Municipal do Verde e do Meio Ambiente de São Paulo, Eduardo Jorge, e a documentarista Lilian Santiago.
Os curtas-metragens poderão ser inscritos nos seguintes blocos temáticos: origem e deslocamento (trabalhos que expressem questões relacionadas às correntes migratórias, fronteiras geográficas, étnicas, sociais, econômicas e identidade); mundo interior (trabalhos que tratem da espiritualidade, do pensamento metafísico, do espírito, das questões de paz e da religião); tecnocultura (trabalhos cujo foco gire em torno da mídia, tecnologia, formas midiáticas de expressão, comunicação e informação); núcleos e nichos (trabalhos que expressem o universo em torno do indivíduo – a família, a comunidade e o meio ambiente); cotidiano (trabalhos que tratam de questões relacionadas ao trabalho, à educação e à noção de cidadania); o lugar do corpo (trabalhos que falem da saúde física e mental, das questões ligadas à sexualidade e ao bem estar).
Serão aceitos filmes nacionais e estrangeiros, desde que os trabalhos em língua estrangeira sejam legendados e os realizadores tenham representante residente no Brasil com procuração para recebimento de eventual prêmio.
O ‘Entretodos’ é realizado pela Prefeitura de São Paulo, por meio da Comissão Municipal de Direitos Humanos (CMDH), com a assessoria da Fundação Escola de Sociologia e Política (FESP) e apoio do Sesc.
As inscrições são gratuitas.

A terceira edição do Festival de Curtas-Metragens de Direitos Humanos ‘Entretodos’ será realizada em setembro de 2010, quando haverá projeção dos curtas selecionados e premiação dos melhores trabalhos.
.:Serviço.:
As inscrições para a terceira edição do Festival de Curtas-metragens de Direitos Humanos ‘Entretodos’
Data: de 15/04 a 15/07
Informações: www.entretodos.com.br  www.twitter.com/entretodos