Início Uncategorized NA CORRERIA

NA CORRERIA

E os R$ 4 milhões gastos pela Prefeitura para contratar uma agência de publicidade continuam rendendo mentiras para tapar o sol com a peneira e tentar enganar o povo. Na sexta-feira passada, dia 6, vários pontos da cidade ficaram alagados após 40 minutos de chuva. O trânsito virou um caos e as pessoas ficaram ilhadas em muitos pontos da cidade. E esta semana, o prefeitinho muleta saiu na correria anunciando obras para acabar com os pontos de alagamentos. Coisa que ele teve três anos e dinheiro para fazer, mas não fez!

EXTRATO DAS CONTAS

Mas, o pior de não ter feito essas obras antes para evitar os alagamentos que vêm acontecendo na cidade agora, a população ainda teve de acompanhar no horário nobre da televisão, no mesmo final de semana, aquele comercial de prestação de contas onde a Prefeitura diz ter acabado com os pontos de alagamentos. Só se esses pontos ficam dentro de alguma fazenda, porque pela cidade, a coisa vai de mal a pior! Como é que se faz uma prestação de contas com uma obra que não existe? Onde foi parar esse dinheiro declarado se o serviço não foi feito?

BLINDADOS

E quando a gente olha mais atentamente para a cartilhinha da mentira, jogado por toda a cidade, pior vão ficando as coisas. Cadê o monitoramento que ele garantiu que implantaria? Alugar viaturas é reforçar a segurança da população? Gastar R$ 7 milhões com aluguel de carro blindado para o gabinete é reforçar a segurança da população? O pior é gastar dinheiro com aluguel e quando o contrato terminar, não ter carros para o patrulhamento! E quanto aos servidores? Será que ele esqueceu ter causado a maior desordem da história entre os funcionários públicos? Será que esqueceu que seu mandato incompetente deflagrou a maior greve municipal da história?

COMIDA NÃO É LIXO

E tem mais. Esta semana, o site Alerta Paulínia, denunciou mais uma barbaridade praticada por este desgoverno que comanda a cidade: o mesmo caminhão que leva comida para as escolas, Emeis e creches foi usado para transportar lixo e entulho retirados do Caco. Até um vaso sanitário tinha no meio de cadeiras e sacos de lixo pelo local que só deveria armazenar alimentos. Isso não é uma vergonha, uma falta de consideração pela população? Comida não é lixo! A população não é lixo! Para quantas outras atividades esse caminhão e tantos outros de serviços específicos, como de saúde – por exemplo -, vêm sendo usado irregularmente?

R$ 47 MILHÕES

Enquanto não se fez as obras para evitar alagamentos e se economiza com transporte adequado para alimentos e lixo, a Prefeitura de Paulínia gastou R$ 47 milhões na promoção de festas e eventos, inclusive particulares. É por essas e outras que faltam remédios nas UBSs, ataduras no Hospital, as casas populares não estão prontas, as creches não dão conta de atender nossas crianças, as escolas entraram num caos, as ruas sofrem cada vez mais com o vandalismo e a insegurança, enfim, como todos sabem, a lista é imensa! Com este governo, Paulínia regrediu, no mínimo, dez anos!

ANO ELEITORAL

Quem não se lembra da campanha passada, quando o prefeitinho, antes de ser eleito e usufruindo da confiança que o povo tem no Edson Moura, discursava que queria continuar andando pelas ruas da cidade com a cabeça erguida? Pois bem, passaram-se três anos e nada de vê-lo nas ruas. Será que esse ano ele vai sair da toca? Será que terá coragem de enfrentar o povo depois de trair sua confiança? Como é ano eleitoral e o interesse em continuar com a caneta na mão é grande, fiquem atentos às conversas e promessas. Quem pula o muro o tempo todo, em pouco tempo perde o chão! Por outro lado, a gente tem o que comemorar: Edson Moura vai voltar!

Pense mais

“Grandes realizações são possíveis quando se dá importância aos pequenos começos.” Lao Tzu