Início Paulínia Sucesso de público embala o segundo PAM CrossFit

Sucesso de público embala o segundo PAM CrossFit

O resultado de uma série como essa é equivalente a treinos de meia hora de academia durante cinco dias
O resultado de uma série como essa é equivalente a treinos de meia hora de academia durante cinco dias

Enquanto box em Paulínia não é inaugurado, são oferecidos treinos abertos para modalidade que agrega praticantes a cada dia no Brasil

Cerca de 100 pessoas se reuniram no Parque Zeca Malavazzi no último sábado (4) para prestigiar mais um dos treinos abertos da PAM CrossFit. O treino foi realizado com vários aparelhos utilizados no box de treinamento, para que os interessados possam conhecer melhor os procedimentos e as técnicas desenvolvidas.
As aulas são feitas com base no cronômetro e todos os exercícios têm um tempo determinado para serem executados. Depois do aquecimento, o treino é realizado com movimentos que trabalham todos os músculos e garantem mais condicionamento físico ao participante. O coach Fábio Roberto Miranda trabalhou logo no início o método Tabata que tem a duração total de 4 minutos, sendo 20 segundos realizando o máximo de repetições de um exercício intenso e 10 segundos de descanso, numa série de oito repetições. “Devemos lembrar que a proposta inicial foi apenas para o exercício agachamento livre, mas o método pode ser adaptado e realizado através da execução completa de outros exercícios que envolvam uma grande quantidade de massa muscular como a flexão de braço, por exemplo”, explicou Fábio. O resultado de uma série como essa é equivalente a treinos de meia hora de academia durante cinco dias.
Guilherme Lima pratica musculação e já conhece a modalidade. Durante o treino aberto PAM CrossFit reconheceu a atividade como um treino de força que contribui para o aumento da massa muscular magra, “é mais funcional e mais criativo”, conclui.
Um grupo de amigas adolescentes aprovou o método, principalmente, por treinar com o peso do próprio corpo em muitas atividades. “Na academia vemos pessoas levantando pesos enormes e outras menos. Aqui é tudo igual para todo mundo. O limite de cada corpo é testado da mesma forma”, resume Raissa Fantinatti.
Provando que o CrossFit pode ser praticado por pessoas de todas as idades. A arquiteta Luzia Spinello treinou junto com a filha, Mariana, de 20 anos. Adepta de uma rotina de exercícios físicos e ballet, Luzia sabe da importância da prática regular para o corpo e mente, mas não conhecia o CrossFit. “Percebi que meu corpo é capaz de coisas que eu não imaginava. O trabalho em equipe também é um estímulo muito importante”. “Os profissionais são muito atenciosos e capacitados”, completa Mariana.
O box da PAM CrossFit será inaugurado em breve na Rua Heitor Nascimento, 81, próximo à rotatória do Hipermercado Extra, em Paulínia. O espaço com mais de 1 mil m² será um dos maiores e mais bem equipados do Brasil.
Acompanhe as novidades pelo facebook.com/crossfitpam