Início Paulínia Valadão cria duas Indicações para melhorar atendimento no Hospital

Valadão cria duas Indicações para melhorar atendimento no Hospital

VALADAOAconteceu na terça-feira, 17, a 9ª Sessão Ordinária da Câmara de Vereadores de Paulínia. O vereador Fábio Valadão (PRTB) apresentou quatro Indicações – duas delas relacionadas à Saúde – e um Requerimento que pede informações ao Executivo sobre tratamentos oferecidos aos usuários de substâncias psicoativas, situação de saúde pública.

A demanda da Saúde é contínua e, mesmo com a melhora percebida nos últimos meses, ainda há sugestões de munícipes e trabalhadores da área para melhorar o atendimento, beneficiando a população, como justifica Valadão. “Ouvimos os munícipes e pensamos no que pode ser feito para melhorar ainda mais a vida dos pacientes e familiares que buscam atendimento no Hospital Municipal de Paulínia e merecem ser tratados com dignidade”, reforçou o vereador.

A Indicação 345/16 sugere a implantação de farmácia nas dependências do HMP, com atendimento 24 horas, para facilitar o acesso do paciente aos medicamentos receitados no momento da alta hospitalar. Atualmente os remédios são fornecidos somente nas UBS. Ainda para agilizar o atendimento no Hospital Municipal criou a Indicação 348/16 que sugere a triagem médica a fim de aperfeiçoar o acolhimento.

Outras duas Indicações são relacionadas à iluminação pública e outra para a criação de homenagens para os funcionários públicos que venham a se aposentar, como uma forma de retribuir aos anos de dedicação à população.

Questão de Saúde Pública

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), a dependência química é classificada como uma doença crônica, progressiva, sem cura e com tratamento constante. Ainda se caracteriza como uma patologia que interfere diretamente no desenvolvimento do dependente e seus familiares, acarretando grande sofrimento social e psicológico a todos os envolvidos.

A doença requer tratamento intensivo do usuário para que o sofrimento e o comprometimento físico e mental sejam minimizados, bem como toda família deve ser acompanhada por grupos de ajuda, para que os vínculos familiares e sociais sejam fortalecidos.

“Pensei no Requerimento para saber quais são os tratamentos fornecidos pelo Município para a recuperação e acompanhamento dos dependentes e suas famílias, e se existe expectativa de ampliação”, assinala o vereador.

Vale lembrar que Valadão é autor do Requerimento 490, de outubro de 2015 que pede ao Executivo que considere convênios com clínicas especializadas no tratamento de dependentes químicos.