Início Cosmópolis Pivatto solicita asfaltamento de vicinal no Uirapuru

Pivatto solicita asfaltamento de vicinal no Uirapuru

O prefeito José Pivatto visitou o Departamento de Estradas de Rodagem (DER) na tarde da última terça-feira (26) para pedir a pavimentação da Estrada Municipal “Amália Mortari da Silva” (CMS-268) que liga a Rodovia “Professor Zeferino Vaz” (SP-332) ao município de Holambra passando pela região do Bairro Uirapuru.

“Conseguir que asfaltem este trecho é uma de nossas metas, pois muitas pessoas moram nesta região e a via é muito importante para o escoamento da produção rural local. Por isso solicitei que, se não for possível a pavimentação dos 7,4 km de uma vez só, a obra seja realizada em duas etapas: primeiro os 3 km que saem da SP-332 e passam pelo Uirapuru e depois os 4,4 km restantes”, afirmou o prefeito José Pivatto.

Durante a reunião Pivatto também apresentou as vias vicinais prioritárias para receber o serviço de recapeamento: a CMS 020 (Prefeito Orlando Kiosia) e CMS 030, que dá acesso a Usina Açucareira Ester.

ENTRADA DE CAMINHÕES PELA SP-133

Durante a reunião, Pivatto também abordou o problema da entrada de caminhões em Cosmópolis pela Rodovia “Osvaldo Heitor Nallin” (SP-133). Apesar de ser proibido e a via estar sinalizada, os caminhões continuamente desrespeitam a proibição e continuam utilizando o acesso, causando acidentes ao não conseguir frear e fazer a curva na Rua Coronel Silva Teles.

A Prefeitura solicitou ao DER em dezembro de 2018 que determinasse sentido único na SP-133 entre a entrada para a Rua Luiz Strazzacapa e o trevo de acesso para a SP-332.

Desta forma, a rodovia ficaria apenas no sentido Cosmópolis – Limeira neste ponto e nenhum veículo – seja ele de passeio ou de carga – trafegaria no sentido Limeira – Cosmópolis. O órgão ainda analisa esta solicitação.

Ao ser consultado sobre a possibilidade da construção de uma rotatória neste local para desviar o tráfego de veículos de carga desta entrada do município, o órgão disse que a aprovação dada anos atrás ainda vale, mas ainda falta a manifestação da Agência de Transportes do Estado de São Paulo (ARTESP), consultado em julho de 2016. O DER vai reiterar o pedido para que a ARTESP responda a consulta.

Artigo anteriorPilotos de Paulínia e Cosmópolis são destaques da Taça Brasil de Bicicross
Próximo artigoBraskem parabeniza a cidade de Paulínia pelo seu aniversário