Início Uncategorized SUSTENTABILIDADE E ECONOMIA

SUSTENTABILIDADE E ECONOMIA

Por Wilson Machado

Discutir políticas públicas é o mesmo que discutir sustentabilidade e economia, pois os gastos públicos definem se a cidade continua crescendo ou, no caso de Paulínia, declinando vertiginosamente. E, não são os vereadores responsáveis por fiscalizar esse poder superior? Bem, foi justamente o que eu fui fazer na Câmara Municipal: fazer questionamentos que abrem os olhos – deles e da população – sobre os desmandos dessa administração municipal incompetente que refletem diretamente na nossa sustentabilidade como cidade e na economia da qual vivem os paulinenses comerciantes e autônomos.

COBRANÇA PESADA

Quando eu cobrei o Custódio da posição do pré-candidato do PT, candidato nas eleições passadas, Dixon de Carvalho, foi justamente para que todos pensassem em onde estão aqueles que querem ser prefeito da nossa cidade quando o atual prefeito decretou holerite zero para os servidores que refletiu direto no consumo do comércio local, onde ele está enquanto a população sofre com o péssimo atendimento da Saúde, da Educação, enquanto falta creche, casa? Como não tem haver com sustentabilidade e economia a discussão sobre quem quer governar a nossa cidade?

FICA SÓ NA PROMESSA

Como não poderia ter a ver com economia e sustentabilidade questionar o Marquinho Fiorella sobre o Cartão da Acip e o Clube de Campo, projetos que ele próprio aprovou na Câmara enquanto presidente? Fazer o funcionário público gastar no comércio paulinense não interfere na economia? Explica isso para o comerciante! E um lugar para os comerciantes e seus funcionários terem uma opção de lazer privilegiada de estrutura e contato com o meio ambiente não tem haver com sustentabilidade? Ou sustentabilidade é encher o Parque Brasil 500 com o triplo da população da cidade em três dias?

FOCO DETURPADO

Infelizmente, a visão, a ação, a intervenção que é de obrigação dos vereadores parece estar com o foco deturpado. Qualidade de vida não tem a ver com sustentabilidade? Claro que tem! Da mesma forma, cobrar vaga nas creches para que as mães possam trabalhar tranquilas tem muito haver com economia e sustentabilidade. A questão é que eles ficaram irritados com a cobrança. É cômodo assistir de longe. É cômodo dizer que se está sendo ‘agredido no uso da Tribuna’ enquanto a população vive isso diariamente.

AFINADO

Pior foi o vereador Palito que simplesmente se levantou e deixou seu posto de representante da população antes que eu pudesse questioná-lo. Então, se você tiver oportunidade, pergunte a ele na rua, se nas empresas para a qual trabalha ou trabalhou no ramo de combustíveis, se existe qualquer possibilidade de uma empresa sem experiência no mercado e com capital de apenas R$ 50 mil conseguir um investimento de R$ 3 milhões? Pergunte a ele porque as empresas beneficiadas com as terras de Paulínia têm essa regalia? Quantos empregos foram gerados mesmo desde que eles assumiram o poder? Quantos? E isso não tem haver com economia e sustentabilidade também?

COBRAR É PRECISO

A verdade é que nenhum prefeito que teve as mesmas oportunidades de administração de Edson Moura realizou um décimo do que ele fez por Paulínia, pela população de Paulínia. Todos eles passaram inventando e tapando os próprios buracos e quando saem do poder, a cidade não muda em nada. Estou mentindo ao dizer que Paulínia é a cidade que tornou-se referência em estrutura pública enquanto Edson Moura governou? Não, não estou. E até isso tem haver com sustentabilidade e economia, porque fez a cidade crescer ordenadamente. E os vereadores que estão lá sabem disso, afinal, excluindo o Custódio, todos fizeram campanha ao lado de Moura, nas fotos de Moura.

PARA FINALIZAR

A população precisa conhecer o posicionamento da Câmara. Os vereadores precisam se posicionar sim. Eles são representantes legais da população e precisam deixar a zona de conforto. Porque ficaram ofendidos com as minhas perguntas? Eu as fiz para que se obtivesse respostas e não para ofender! Bastava responder. Mas, enfim, ao continuar assim, vejo uma renovação de até 90% nas próximas eleições, quando talvez, sejam eleitos vereadores mais corajosos e de posição política firme para representar o povo, e só!

Pensei mais

“Não é líder quem se impõe pela força e poder, mas quem usa o poder da liderança” – Do pensamento de Maquiavel