Início Policial Paulínia registra queda no número de homicídios, estupros e roubos em 2019

Paulínia registra queda no número de homicídios, estupros e roubos em 2019

Redução da violência na cidade segue tendência verificada em todo o Estado de São Paulo

Paulínia registrou queda no número de homicídios, estupros e roubos no acumulado de janeiro a agosto deste ano, em comparação com igual período de 2018. Segundo dados da Secretaria de Estado da Segurança Pública, Paulínia teve dois homicídios até agosto deste ano, contra três registrados no mesmo período do ano passado (-33%). Já os casos de estupro caíram de 21 para 19 (-9,5%).
O total de roubos registrados no município também diminuiu, ainda de acordo com os dados da secretaria estadual. Até agosto do ano passado, foram registrados 222 casos, contra 135 no mesmo período deste ano, uma queda de 39,2%. O número de latrocínios também caiu de um, até agosto de 2018, para nenhum neste ano.

Tendência

A queda nos números da violência em Paulínia segue uma tendência verificada em todo o Estado, que fechou o oitavo mês do ano com redução nos casos de vítimas de homicídios dolosos e latrocínios e queda nas ocorrências de roubos a banco e de carga, além de roubos e furtos de veículos. Com queda de 9,38%, os casos de homicídios dolosos passaram de 224 para 203 em todo o Estado, se comparado o mês de agosto com igual período de 2018. Os dados foram divulgados na última quarta-feira (25).
O número de vítimas caiu 9,87%, com 23 vidas poupadas. Os totais são os menores da série histórica, iniciada em 2001. Com as variações, as taxas dos últimos 12 meses (de setembro de 2018 a agosto de 2019) caíram para 6,25 casos e 6,57 vítimas de homicídios dolosos a cada grupo de 100 mil habitantes do Estado. Os índices são os menores já contabilizados pela série histórica.
O trabalho das polícias paulistas nas cidades do interior de São Paulo resultou em 11.095 prisões no oitavo mês de 2019. No período, 683 armas ilegais foram retiradas das ruas e 2.918 flagrantes de tráfico de entorpecentes foram registrados.

Artigo anteriorPrefeitura anuncia que obras na ponte da Estrada da Rhodia devem terminar em novembro
Próximo artigoCrianças da Emei Vitória Pigatto recebem visita do campeão Agnaldo Silva