Início Policial Durante briga no Porphyrio, aluno sofre traumatismo craniano

Durante briga no Porphyrio, aluno sofre traumatismo craniano

Além das pauladas, escoriações pelo corpo do aluno apontam que ele também sofreu socos e chutes – Foto: Willian Machado – Porphyrio

Garoto, de 14 anos, foi levado para o fundo da escola e foi atacado por outros dois estudantes com pauladas

Um adolescente, de 14 anos, foi agredido por dois garotos na Escola Estadual Porphyrio da Paz, na tarde desta terça-feira (14). Segundo a mãe do jovem, Rosemeire de Sá Silva, ele foi levado para o fundo do colégio, onde levou pauladas na cabeça.

De acordo com a assessoria do hospital de Paulínia, para onde ele foi levado, o adolescente teve traumatismo craniano leve e passou por uma tomografia, que não indicou nenhum problema grave. Ele ficará em observação e foi liberado sem sequelas.
“Fui chamada na escola por volta de 15h30, me disseram que ele tinha se envolvido em uma briga, só sei que deram cinco pauladas na cabeça dele”, relatou a mãe. O motivo do desentendimento ciúmes de uma garota. “Ele ficou todo arrebentado, todo machucado”, disse Rosemeire. Ainda segundo ela, os agressores teriam 13 e 14 anos.
A mãe disse que ouviu de uma monitora que faltam profissionais para cuidar dos adolescentes na escola. A Secretaria Estadual de Educação disse que, na hora da briga, seis monitores estavam no colégio e que a ronda escola da Polícia Militar foi chamada.
O conselho da escola vai avaliar quais medidas disciplinares serão aplicadas nesse caso. O Conselho Tutelar também foi chamado.